Cidade baiana não registra morte por Covid-19 há sete meses

Publicado em Categorias: Notícias

Município representa 0,01% no índice de mortalidade pelo vírus na Bahia
A cidade de Cardeal da Silva completou neste domingo (14), sete meses sem registrar óbitos associados ao coronavírus, na contramão de outros municípios baianos assolados pelas mortes e infecções em massa durante a segunda onda da pandemia no Estado. Com dois óbitos, Cardeal da Silva representa 0,01% no índice de mortalidade pelo vírus na Bahia.
As duas situações fatais aconteceram nos meses de agosto e maio, este último também foi o período em que houve o primeiro caso na cidade.
A população conta com profissionais da saúde em quatro postos de saúde da família e uma unidade de pronto atendimento de retaguarda para garantir assistência nesse período de pandemia, nessas unidades acontece também a oferta de testes para detecção do vírus mediante solicitação médica.
“Assumir a responsabilidade de cuidar de gente em meio à uma crise sanitária não é a tarefa mais fácil, no entanto, com a colaboração da população em diálogo com uma gestão que se propõe a adequar as medidas dentro da realidade das pessoas fica mais fácil. Um governo participativo consegue alcançar a sensibilidade dos cidadãos, acredito que é o ‘segredo’ do sucesso para manter vidas salvas na cidade”, explicou Branco Sales (PP), chefe do executivo municipal.
Os órgãos vinculados ao trabalho preventivo, como a Vigilância Sanitária realiza diariamente inspeções em estabelecimentos na cidade para conter as práticas ilícitas que descumpram os protocolos sanitários, importantes para evitar a disseminação do vírus.
Mesmo com aproximadamente 10 mil habitantes, a Prefeitura suspendeu o pagamento de IPTU temporariamente; prolongou por 90 dias os alvarás para funcionamento do comércio sem intervenção; ofertou de cesta básica para os munícipes de baixa renda; disponibilizou mototaxistas vinculados à gestão para delivery do comércio local.