VEM NOVIDADE CULTURAL EM CARDEAL: EVENTO “PASSA NA PRAÇA QUE A ARTE TE ABRAÇA”

Publicado em Categorias: Notícias

(recurso da Lei Aldir Blanc de emergência cultural- 14.017/2020)
DATA DO EVENTO: 04 de dezembro de 2021.
LOCAL: Mercado Municipal.
FORMA: Virtual e presencial.
HORÁRIO: 14:00- 18:00; 20:00- 03:20.
QUAL É O PROPÓSITO DESSE EVENTO?
Dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública, ou seja, este evento é proveniente da Lei Aldir Blanc (14.017/2020), a qual foi disponibilizada pelo Governo Federal aos Municípios brasileiros para minimizar os efeitos da pandemia sobre os Fazedores Culturais. Esse recurso foi recuperado por Cardeal da Silva neste ano de 2021, pois no ano passado o Município não recebeu porque não fez a adesão. Todos os serviços oferecidos aqui estão garantidos pela Lei Aldir Blanc- 14.017/2020 e fazem parte do processo de prestação de contas desse recurso. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Cardeal da Silva, sendo uma iniciativa da Secretaria de Educação e Cultura, através do Governo Federal; e contemplará mais de 20 apresentações artísticas cardinalenses, entre danças folclóricas e contemporânea, estandes de artes, shows musicais, locuções, etc.
É importante ressaltar que Aldir Blanc, nome dado a Lei de Emergência Cultural, foi compositor e escritor brasileiro, morreu aos 73 anos, em 04 de maio de 2020, vítima do covid 19. Era médico psiquiatra, mas deixou a profissão em 1973 para se dedicar exclusivamente à música, onde deixou seu nome eternizado com canções feitas em parceria com João Bosco, como O Bêbado e a Equilibrista, sucesso na voz de Elis Regina. Também publicou crônicas para jornais e escreveu vários livros, entre eles “Rua dos Artistas e Arredores”, “Porta de tinturaria”, “Brasil passado a sujo”, “Vila Isabel – Inventário de infância”, e “Um cara bacana na 19ª. Sendo assim, por entender a importância do fazer cultural cardinalense e respeitar as dificuldades enfrentadas pelos nossos Fazedores de Cultura é que a Gestão Construindo uma Nova História se propôs a resgatar o recurso destinado a este setor, reafirmando a valorização da nossa “prata da casa”.